Sintro-CE pede na Câmara o fim da dupla função nos micro-ônibus

0
60

Na quarta-feira (05/11), o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-CE), esteve presente na Câmara Municipal de Fortaleza para pedir aos vereadores o fim da dupla função nos micro-ônibus da cidade.

O sindicato foi convidado pelo Vereador Carlos Dutra (PROS), Vice-Presidente da Comissão de Viação e Transporte e responsável pelo Projeto de Emenda à Lei Orgânica nº 001/2014, que pretende proibir a prática da dupla função de motorista e cobrador na jornada dos trabalhadores.

Representando o Sintro-CE e os trabalhadores, Neto realizou uma fala no plenário da Câmara explicando os motivos pelos quais o sindicato acredita que esse tipo de atividade deva ser extinta. “Hoje é muito fácil o assaltante chegar nos micro-ônibus, pois é só um trabalhador, e assaltar o motorista. Em 2014 já foram assassinados dois trabalhadores rodoviários em seus locais de trabalho, pois não tem segurança para a nossa categoria”.

Durante seu pronunciamento, Neto ainda fala dos empresários que não tomam nenhuma atitude sobre a situação atual dos trabalhadores e usuários. “O Sindiônibus, hoje, só vê os seus lucros e não está nenhum pouco preocupado com a qualidade de vida dos profissionais do transporte público de Fortaleza e nem com o usuário. Por isso, faço um apelo a todos os vereadores aqui da casa para que aprove projeto de Lei que está sendo encaminhado”, reivindicato Neto.

A dupla função gera grande risco para todos ao permitir que o motorista exerça outra função enquanto dirige, o que é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB): “Art. 28: O condutor deverá, a todo momento, ter domínio de seu veículo, dirigindo-o com atenção e cuidados indispensáveis à segurança do trânsito”.

 

Veja abaixo o pronunciamento do presidente do Sintro-CE, Domingo Neto:

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here