Categoria paralisa atividades no Terminal Antônio Bezerra e ganha apoio de operários da construção civil

0
280

Na manhã do dia 18 de junho, trabalhadores do transporte urbano de Fortaleza paralisaram as suas atividades no período de duas horas (9h às 11h) no Terminal do Antônio Bezerra. O ato foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-Ce) e foi em protesto à intransigência patronal, que oferece somente 8,34% de reajuste salarial e negam todas as outras cláusulas.

Os trabalhadores estão reivindicando um reajuste salarial de 13%, cesta básica de R$ 130,00 e vale alimentação de R$ 13,00.

ant. bezerra 3

Além de motoristas e cobradores, operários de um canteiro de obras próximo ao Terminal também paralisaram seu trabalho em apoio à mobilização da categoria. Outros sindicatos parceiros também participação da manifestação: Sindicato dos Odontologistas do Estado do Ceará (Sindiodonto); Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Rodoviário de Passageiros Intermunicipal e Interestadual do Estado do Ceará (Sinteti); Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Confecção Feminina e Moda Íntima de Fortaleza (Sindconfe); Sindicato dos Servidores de Proteção e Defesa Civil do Estado do Ceará (Sindece); e Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF).

ant. bezerra 2

Veja as fotos da manifestação no Facebook do Sintro-Ce.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here