Terceirizados conquistam 9,66% de reajuste salarial

1
325
Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

Foi fechada a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2015/2016 dos trabalhadores em transportes rodoviários das empresas de terceirização de mão-de-obra.

A nova Convenção determina que os trabalhadores tiveram reajuste de 9,66% nos salários, na cesta básica e nas diárias, além do aumento do Vale alimentação de R$ 11,50 para R$ 13,00. Com o percentual de reajuste, a cesta básica aumentou de R$ 63,00 para R$ 69,08 e as diárias passaram de R$ 77,00 para R$ 84,43.

Confira abaixo como ficam os pisos de acordo com cada função:

Motoqueiro e motorista de veículo de 1 a 9 lugares – R$ 973,78
Motorista de veículos de 10 até 21 lugares – R$ 1085,63
Motorista de caminhão até 11 toneladas – R$ 981,45
Motorista de caminhão de 12 a 18 toneladas – R$ 1092,21
Motorista de caminhão acima de 18 toneladas – R$ 1298,37
Motorista de veículos acima de 21 lugares – R$ 1310,43

A CCT 2015/2016 dos trabalhadores terceirizados deverá ser registrada em breve no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e estará disponível por completo em seu Sistema Mediador.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
COMPARTILHE

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de saber quando é que realmente vao cumprir com o que manda a convençao pois a quase quatro anos que trabalho em empresas tercerizadas da seduc e por três vezes tive que trocar de empresa mais nunca cupriram a nossa convençao, trabalho em ônibus acima de 21 lugares e minha carteira sempre é classificada como motorista de caminhão de 12 a 18 toneladas que isso para mim é uma fraude pois, de 12 a 18 toneladas paga um salário de 1.92,00 quanto ao acima de 21 lugares é de 1.310,00 reais e isso é de nos deixarem indignados. Gostaria de uma resposta.

DEIXE UMA RESPOSTA