29 de maio: Motoristas e cobradores aderem ao Dia Nacional de Paralisação

A última sexta-feira (29 de maio) foi marcada, em todo país, pelo Dia Nacional de Paralisação e Manifestações Rumo à Greve Geral. Em Fortaleza, os trabalhadores do setor rodoviário paralisaram os terminais de ônibus em protesto às Medidas Provisórias (MP’s) 664 e 665, o Projeto de Lei (PL) 4330 e o ajuste fiscal.

Ao todo, cinco terminais paralisaram as atividades (Siqueira, Messejana, Papicu, Antônio Bezerra e Lagoa) no período de duas horas (8h30 ás 10h30).

Durante a paralisação, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-Ce) conversou com a categoria, que também protestava contra a postura dos patrões nas negociações da Campanha Salarial 2015/2016. Com cinco rodadas de negociações já realizadas, o Sindiônibus ofereceu até o momento somente a inflação para o fechamento da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2015/2016.

Além dos rodoviários, outras categorias como operários da construção civil, professores e servidores municipais realizaram várias mobilizações em toda a cidade.

Em protesto às medidas anti-trabalhistas

Desde o começo do ano, várias paralisações e manifestações foram realizadas no país todo contra as MP’s 664 e 665 e o PL 4330.

Editadas pela Presidente Dilma Rousseff no dia 30 de dezembro de 2014, as MP’s mudam regras para acesso à pensão por morte, auxílio-doença, seguro-desemprego, abono salarial e seguro defeso. O trabalhador que deseja adquirir o seguro-desemprego, por exemplo, agora só poderá receber o benefício com 12 meses trabalhados e a pensão por morte só será disponibilizada para pelo menos dois anos de casamento ou união estável.

O PL 4330, por sua vez, visa ampliar a terceirização de mão de obra para todas as atividades nos locais de trabalho, inclusive a atividade-fim, ou seja, aquela que representa o principal serviço da empresa. No setor rodoviário, por exemplo, as empresas poderão terceirizar a vontade as atividades de motorista e cobrador, precarizando ainda mais seus trabalhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 5 =